Filarmónica Pampilhosense

A centenária Filarmónica Pampilhosense nasceu na Pampilhosa em 1920. Joaquim Simões Pleno foi o homem que mais tempo esteve à frente da direção artística: 63 anos, entre 1926 e 1989. Foi declarada Coletividade de Utilidade Pública em 1998. A sua internacionalização efetuou-se em 2002 com uma viagem a Courcoury, França, estabelecendo-se também laços com a Real Filarmónica de Herdersem, Bélgica. Em 2006 apresenta-se em concerto com a OCC, dirigidas então pelo Maestro Virgílio Caseiro. Em 2016 foi agraciada com a Medalha de Mérito Municipal pela Câmara da Mealhada.
A Banda principal, sob a batuta de Daniel Vieira e atualmente com 40 elementos, apresenta um repertório diversificado, desde as marchas solenes e de desfile às bandas sonoras, passando pelas rapsódias e obras de música ligeira. Funciona na sua Sede, na Rua que a homenageia, a Escola de Música, com cerca de 30 alunos e de onde provêm praticamente todos os músicos da Banda principal, alguns deles distribuídos também pela Orquestra Juvenil, Orquestra Ligeira “QJazz”, Grupo Coral "EnChoir" e Grupo “Xaranga Popular”.

Rua da Filarmónica Pampilhosense, 21
3050-446 Pampilhoa

231 024 701